Você sabe a importância do Design Thinking para o mercado imobiliário?

Em um primeiro momento podemos ter a impressão de que o Design Thinking é um método, porém compreende um conjunto de práticas e estratégias voltadas para a solução de problemas complexos

O Design Thinking é uma metodologia de inovação e desenvolvimento de produtos e serviços profundamente estudada e difundida por David M. Kelley, da Universidade Stanford, por Tim Brown, autor de “Change by Design”, e por Roger Martin, da Rotman School. Segundo as palavras do próprio Tim Brown, o design thinking é uma abordagem de inovação centrada no ser humano, que se baseia no kit de ferramentas do design para integrar as necessidades, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso de um negócio. Portanto, o Design Thinking envolve a aquisição de habilidades e estratégias do mundo do design para serem usadas em outras áreas, como no mercado imobiliário. Popularmente falando, seria pensar fora da caixa, analisar o jogo de fora da mesa.

Certa vez, o proprietário de um enorme terreno considerou que tinha um grande problema devido aos sucessivos aclives e declives da área. Cansado da situação e sem considerar outras possibilidades, decidiu vender a propriedade por 25% a menos do que realmente valia. Quem comprou foi um empresário da construção civil que teve a seguinte ideia: contratou uma equ ipe de terraplanagem e mandou retirar os aclives, utilizando o entulho para aterrar buracos e partes mais baixas do terreno. Agindo assim, ele conseguiu alinhavar a superfície e o terreno ficou plano.

O Design Thinking proporciona a busca criativa por respostas e desafios, sob diferentes perspectivas

Adivinha o que aconteceu? O dono de uma construtora bem maior, vendo aquilo que não existia até então, resolveu fazer uma oferta pela propriedade, mas (pasmem!) o valor era pelo menos cinco vezes maior que o valor pago pelo terreno e obras já executadas. Qual é o ensinamento dessa história? Podemos lidar com um problema de forma tradicional e imediatista, que visa o “resolvimento” pelo jeito mais fácil, ou criar soluções atrativas ao mercado.

Onde entra o Design Thinking nessa história? Ele evoluiu e pode ser usado tanto para acrescentar uma funcionalidade a um produto ou serviço, quanto para melhorar a experiência de usuários em sites e, até mesmo, desenvolver um novo modelo de negócio. A metodologia foi criada prevendo 3 espaços sobrepostos, ao invés de uma sequência de etapas ordenadas. Esses espaços são:

1- Inspiração: o problema ou a oportunidade que motiva a busca de soluções.

2- Ideação: o processo de gerar, desenvolver e testar ideias.

3- Implementação: o caminho que leva da sala do projeto ao mercado.

No setor da construção civil, o Design Thinking é utilizado por escritórios de projetos no desenvolvimento de soluções mais criativas a partir da expertise de equipes multidisciplinares. A intenção é promover o equilíbrio entre o pensamento analítico e o intuitivo. Dessa forma, surge a inovação que aumenta a eficiência e produtividade no mercado imobiliário.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Política de Privacidade

A ImobiGroup respeita a privacidade dos usuários e atua com transparência e ética em relação à captação de dados como nome, telefone e e-mail, fornecidos por você no formulário de contato. Além de relatórios de navegação, capturados via sistema de cookies. 

Todas as suas informações pessoais ficam protegidas por sistemas de segurança on-line, inviabilizando o acesso de terceiros.

Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue